CURRÍCULO

Carmen Medeiros



Carmen Medeiros nasceu em São Gabriel, RS, Brasil.
Cursou a Faculdade de História da Pontifícia Universidade Católica.
Historia da Arte- Pontifícia Universidade Católica.
Clássicos da Filosofia Política- Pontifícia Universidade Católica
Arte e Cultura Modernas- Museu de Arte do Rio Grande do Sul.
Freqüentou o Atelier Livre de Porto Alegre no período de 1981 a 1986.


Principais cursos técnicos:


Desenho, com Mara Caruso e Marisa Veeck. Litografia, com Danúbio Gonçalves, xerografia, com Hudinilson Jr. pintura acrílica, com Paulo Porcella, aquarela, com Norberto Stori, técnicas de pintura contemporânea, festival de inverno Atelier Livre da Prefeitura, gravura em metal, Armando Almeida e técnicas de pintura óleo com Alice Brueggemann, Vera Wildner e Antonio Carlos Maciel


Prêmios:


1984- Salão do Jovem Artista. Porto Alegre. RS.
II lugar VII Salão de Arte do Professor. Porto Alegre. RS
Participação Paleta de Ouro de Artes Plásticas de São Paulo. SP.
I Salão Canoense de Pintura e Desenho. Canoas. RS.
1987- Menção Especial: III Salão Fluminense de Artes- Rio De Janeiro. RJ. II Salão de Artes Visuais do Rio Grande- Rio Grande- RS.
1988- Medalha de Prata IV Salão de Artes AAPP. Rio de Janeiro. RJ.
Menção Honrosa IV Salão de Arte AAPP. Rio de Janeiro. RJ.
Medalha de Ouro Vereador Roberto Ribeiro. Rio de Janeiro. RJ.
Medalha de Bronze Semana Carioca de Artes. Rio de Janeiro. RJ.
Menção Honrosa Mostra de Arte Brasil Portugal. Lisboa. Portugal.
1989- Medalha de Bronze V Salão de Verão. Rio de Janeiro. RJ.
1991- Medalha de Prata Salão de Arte Cidade de Novo Hamburgo. RS.
1993- Troféu Destaque, Gabrielenses Ilustres. São Gabriel. RS.
1996- Troféu Homens e Mulheres de Ouro. Porto Alegre. RS.



Exposições Coletivas no Brasil:


1984- Desenhos. Centro Municipal de Cultura. Porto Alegre. RS.
1985- Inauguração do Espaço de Câmara de Porto Alegre. RS.
1986- Coletiva de Desenhos. Galeria Ponto de Arte. Bagé. RS.
1988- Coletiva de Desenho e Pintura. Centro Municipal de Cruz Alta. RS.
Mostra Coletiva de Desenho. Fundação Cultural Canoas. RS.
Mostra de Pintura. Casa de Cultura Pedro Waine. Bagé. RS.
Inauguração Galeria L’atelier D’Art. Porto Alegre. RS.
1989- Coletiva de Pinturas. Galeria Pampah. Pelotas. RS.
Inconfidência Mineira, 200 anos. L’atelier D’Art. Porto Alegre. RS.
Projeção 89. Museu de Arte do Rio Grande do Sul. Porto Alegre. RS.
Quatro Artistas, Quatro Tendências. Galeria Cristina Gonzáles. RS.
Três Artistas Gauchas. Galeria Art Place. São Paulo. SP.
1990- Pinturas. Galeria da Caixa Econômica Federal. Porto Alegre. RS.
1991- Pinturas. Tribunal Superior do Trabalho. Brasília. DF.
Coletiva. Casa de Cultura Mário Quintana. Porto Alegre. RS.
1993- Pinturas. Casa de Cultura Mário Quintana. Porto Alegre. RS.
Pinturas. Atelier Livre Eluiza Bem Vidal. Cachoeira do Sul. RS.
1994- Pequenos Formatos. Galeria Enartes. Porto Alegre. RS.
Pinturas. Museu de Arte de Santa Maria. RS.
Releitura do Solar. Museu Municipal Parque da Baronesa. Pelotas. RS.
Galeria do Instituto Cultural Norte Americano. Porto Alegre. RS.
Projeto Pinta Igrejinha. Fundação Cultural de Igrejinha. Igrejinha. RS.
1996- Dia Internacional da Mulher. Casa de Cult. Mario Quintana. P. Alegre. RS.
Relendo Saint-Exupéry. Casa de Cultura Mário Quintana. P. Alegre. RS.
1997- Espaço de Arte Miró. Centro Cultural Brasil/ Espanha. Porto Alegre. RS.
Releitura do Museu. Galeria do Café do MARGS. Porto Alegre. RS.
1998- Pinturas. Galeria 24 de Outubro. Porto Alegre. RS.
1999- Casarios. Galeria Graffiti. Uruguaiana. RS.
2000- Espaço Miró. Centro Cultural Brasil/Espanha. Porto Alegre. RS.
2001- Inverno 2001. Galeria de Arte Mosaico. Porto Alegre. RS.
2002- Instituto da Mama. Galeria Alencastro Guimarães. Porto Alegre. RS.
Galeria Bublitz Decaedro. Porto Alegre. RS.
2004- 15 Anos Galeria Bublitz Decaedro. Porto Alegre. RS.
Pinturas Galeria Graffiti. Uruguaiana. RS.
50 anos da Feira do Livro. Rua Nova Gal. Porto Alegre. RS.
2005- Coletiva de Esculturas. Espaço Memorial de Porto Alegre. RS.
Circuito Santander Cultural. Rua Nova Galeria. Porto Alegre. RS.
Literatura de Cordel. Rua Nova Galeria. Porto Alegre. RS.
Coletiva Espaço Cultural do Senado. Brasília. DF.
Mostra Artistas Plásticos Brasileiros. Brasília. DF.



Projeto Enartes:


1995- Centro Cultural 25 de Julho. Erechim. RS.
Centro Mun. De Cult. Santo Ângelo Custódio. RS.
I Mostra Internacional do MERCOSUL. S. Ângelo. RS.
IX Fenadi. Ijui RS.
Salão Nobre da Prefeitura Municipal de Ijui. RS.
Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo. Pelotas RS.
Galeria de Arte Regina Simonis. Santa Cruz do Sul. RS.
Espaço Cult. Prefeitura Mun. Castelinho. Erechim. RS.
1996- Centro Mun. Cult. Inah Emil Martensen. Rio Grande. RS.
1997- Espaço Cultural Associação Catarinense dos Artistas Plásticos.
Florianópolis.  SC.
Espaço Cultural Sobrado. São Leopoldo. RS.
2002- Missões Jesuíticas do Brasil. Centro de Cultura Francisco J. Frantz.
Santa Cruz do Sul. RS.
 


Exposições Internacionais:



1984-Coletiva Galeria Artea. Montevidéu. Uruguai.
1988-Mostra de Arte Brasil/ Portugal. Sociedade Nacional de Belas Artes.
Lisboa. Portugal.
Mostra de Arte Brasil/ Portugal. Casa dos Crivos. Braga. Portugal.
Mostra Brasileira. Centro de Estúdios Brasileños. México.
Brazilian Art. University of Ottawa. Canada.
1994- Arte Brasil. Carmen Medeiros e Rosana Almendares.
Galeria Casa do Brasil. Madri. Espanha.
1996- Pinturas. Galeria Casa do Brasil. Madri. Espanha.
1998- Carmen Medeiros e Rosana Almendares. Galeria L’Occhio in Arte.
Roma. Itália.
2001- Missões Jesuíticas no Brasil. Museu de Arte Primitiva Moderna.
Guimarães. Portugal.
2003- Missões Jesuíticas no Brasil. Antigo Passos do Concelho.
Vianna do Castelo. Portugal.
Missões Jesuíticas no Brasil. Casa dos Crivos. Braga. Portugal.
Missões Jesuíticas no Brasil Museu Abade Pedrosa. 
Santo Tirso. Portugal.



Exposições Individuais:


1993- Jus Mulher. Espaço Richard Café. Porto Alegre. RS.
1994- Pinturas. Espaço Cultural Enartes. Porto Alegre. RS.
Pinturas. Espaço Cultural Teatro Prezevodowsky. Itaqui. RS.
1995- Pinturas. Galeria Bublitz Decaedro. Porto Alegre. RS.
1998- Casarios. Galeria Mosaico. Porto Alegre. RS.
1999- Paisagens Gauchas. Galeria Bublitz Decaedro. Porto Alegre. RS.
2002- Pinturas Paralelo Brasil/ Portugal.
Galeria Bublitz Decaedro. Porto Alegre. RS.
2004- Telas de Cinema. Pinturas. Espaço Cultural GNC Cinemas.
Porto Alegre. RS.


2004-Carmen Medeiros inaugura seu espaço de arte: Rua Nova Galeria de Arte. Porto Alegre. RS.


2010- Carmen Medeiros une seu espaço de arte Rua Nova Galeria de Arte com Arte Nobre Galeria, formando um novo espaço com uma idéia contemporânea de arte. Rua Nova / Arte Nobre artes & ofícios. Porto Alegre. RS.
2011-Exposição Casa Cor Rio Grande do Sul. ”Studio da artista Carmen Medeiros”. Arquiteta Rosane Dulinski. Porto Alegre. RS.
Exposição “Momentos”. Café do Porto. Porto Alegre. RS.
2012-Dia Internacional da Mulher. Espaço Cultural Senge.


2012- Rua Nova Galeria de Arte reinicia suas atividades com uma nova proposta de arte.


Obras em Acervo:


Caixa Econômica Federal. Agencia Central. Porto Alegre. RS.
Museu de Arte Primitiva Moderna. Guimarães. Portugal.
Casa do Brasil. Madri. Espanha.
Consulado Geral da Republica Argentina. Porto Alegre. RS.
Atelier Livre Eluiza Bem Vidal. Cachoeira da Sul. RS.
Prefeitura Municipal de Bagé. Bagé. RS.
Museu Leopoldo Gotuzzo. Pelotas. RS.
Prefeitura Municipal de Santo Ângelo. Santo Ângelo. RS.
Museu de Arte de Rio Grande. Rio Grande. RS.
 


Bibliografia:


Citação: Artes Plásticas Brasil. Julio Louzada. Vol. IV e V.
Dicionário de Artes Plásticas do RS. Decio Presser e Renato Rosa. 
“Oscilações Vivenciais.” Livro de Paulo Rolim.
Homenagem à Alice Soares e Carlos Bastos. Paulo Rolim.
Carmen Medeiros e Alice Brueggemann. Paulo Rolim.
Trilogia Pensamentos e Poemas de Paulo Rolim.
Dicionário dos Artistas Plásticos Brasileiros. Brasília. DF.
Capa do Livro “Luar da Existência”. Paulo Rolim.
Capa do Livro “Morada do Ser”. Paulo Rolim.



Comentário do trabalho de Carmen Medeiros por ocasião da exposição “Mostra Brasileira” na Cidade do México.       


Luz Afuera y Adentro.
Francisco Cervantes  


“ Carmen Medeiros –apellido que curiosamente fue  tambiém de uma de las mujeres de Felisberto Hernándes- muestra el cuerpo femenino , despojado de velos, pero sin pretenciones eróticas demasiado manifestas, ni exagerado glamur. Las formas están definidas precisamente, a veces se prolongan suavemente en alguna sombra y trazan las curvas emotiva pero centradamente. No creemos que se disequen alli los rasgos femeninos, que se abstraigan de “la redondez de un fruto que nos vuelve a estremecer” como diria Porfirio Barba Jacob, cuya Canción de la Vida Profunda seria justo recordar, dedicada nada menos que a don Alfonso Reyes.
 
Las Formas geometricas y las figuraciones naturales en el vestuario de sus modelos, nos açotan la constante que apuntamos antes, pero esta a través de Carmen Medeiros. Quizás nos recuerdan algún cuento del famoso cuentista de Curitiba, Dalton Trevisan.



Comentário de Augusto Giordano, por ocasião da exposição “Incontrinarte” na Associazione Culturale L”Occhio... in Arte. Roma, Itália.


La temática delle opere dell’artista sono Le nature morte, Le case e specialmente La figura di “Mulheres”.
Questi tre elementi si fondono nelle opere di Carmen, proiettando como in um film la vita della città e dei villaggi  all ‘interno del Brasile. Dopo aver esposto a Madrid, Lisbona, Città de Messico, Canadá, Uruguay, giunge in Itália con Il suo bagagio di civiltà Ed espressività interiore.
È un conoscere con Carmen, attraverso le sue opere, la vita di questi villaggi.
In tute le sue opere ritroviamo i colori  caldi ed intensi del sole dei Tropici e di popolo pieno di “felicitad”.


 
Comentário de Evelyn Berg.



“Carmen Medeiros, ao expor-se traz de dentro do corpo da pintura sua matéria visceral. Aqui, a morfologia é síntese e análise de uma mulher que não tem cor da pele, porque não é feita de exterioridade. Carmen revela o seu interesse pela cena interior que disseca e abstrai, chegando a formas de um inusitado surrealismo. Ou então a formas, simplesmente.
Formas definidas pelas manchas da cor.”